1- Grande São Paulo | 2- Grande Curitiba | 3- Grande Porto Alegre |

Tipos de Concretos

Concreto Aparente

Concreto Auto-adensável

Concreto Bombeável

Concreto Celular

Concreto Colorido

Concreto com Argila Expandida

Concreto com Fibras

Concreto com Isopor

Concreto com Vermiculita Expandida

Concreto Convencional

Concreto de Alta Resistência

Concreto de Alta Resistência Inicial

Concreto de Alto Desempenho

Concreto Especial

Concreto Extrusado ou Maquininha

Concreto Impermeável

Concreto Magro

Concreto para Baixas Temperaturas

Concreto para Estruturas Expostas à Água do Mar ou Sulfatadas

Concreto para Pavimentos Industriais

Concreto para Pavimentos Rodoviários

Concreto Pesado

Concreto Projetado ou Jateado ou Gunitagem

Concreto Rheodinâmico

Concreto Rolado para Pavimentos

Concreto sem Finos ou Concreto Cavernoso

Concreto Submerso

Concreto Tipo Grout

Concreto Bombeável


Pode-se definir concreto bombeável como o concreto transportado por pressão através de tubos rígidos ou mangueiras flexíveis e descarregado diretamente ou próximos dos pontos onde deve ser aplicado. A pressão pode ser aplicada por meio de pistões, por meio de ar comprimido ou pela deformação de tubos flexíveis.

O concreto é considerado bombeável quando os seus componentes não se separam por segregação e quando a resistência ao deslocamento pelo interior da tubulação não atinja valores incompatíveis com a capacidade do equipamento.


Como essas propriedades são influenciadas pela composição da mistura, a dosagem do concreto para bombeamento exige alguns cuidados especiais:

• Os concretos para bombeamento devem ter boa trabalhabilidade, isto é, o Slump ou Abatimento deve ser maior que 70 mm, sendo o mais recomendável, valores entre 80 e 100 mm ( Slump = 90 +/- 10 mm ).
• Adotamos o Slump = 90 +/- 10 mm. Qualquer concreto diferente desta condição considerará do tipo especial.
• Ter argamassa suficiente e consumo mínimo de cimento de 270 kg/m3, para lubrificar os tubos internamente e facilitar o deslocamento do concreto dentro do tubo.
• Recomenda-se a utilização de britas com diâmetro máximo até 25 mm (brita 2), mesmo assim até 25%, devendo o restante ter diâmetro máximo de 19 mm (brita 1). Para prédios, dependendo da altura ou mesmo da distância de tubulação serão previstos agregados menores (britas) e/ou Slumps maiores.


Especificações:

Térreo até 06 pavimentos: Brita 1 ou 1+2; Slump = 90 +/- 10 mm

De 06 a 10 pavimentos: Brita 1; Slump = 90 +/- 10 mm

Acima de 10 pavimentos: Traços especiais



voltar

Acesso Restrito - 2013 Todos os direitos reservados a HiperMix Brasil - Desenvolvimento: Three-R Comunicação
Todo o conteúdo deste site é de responsabilidade da HiperMix Brasil. É proibibo a reprodução total ou parcial sem prévia autorização.